EVPN-VXLAN

O que é EVPN-VXLAN?

A EVPN-VXLAN refere-se a uma malha de rede que estende a conectividade da camada 2 como uma sobreposição de rede sobre uma rede física existente. É uma tecnologia de padrão aberto que cria redes mais ágeis, seguras e escaláveis em campi e data centers. A EVPN-VXLAN consiste em:

  • VPN Ethernet (EVPN) que é usado como plano de controle de sobreposição e fornece conectividade virtual entre diferentes domínios de camada 2/3 em uma rede IP ou MPLS.
  • LANs virtuais extensíveis (VXLAN), que é um protocolo de sobreposição de virtualização de rede comum que expande o espaço de endereçamento de rede da camada 2 de 4.000 para 16 milhões.
Tech worker at her workstation working from home

Como a EVPN-VXLAN funciona

A EVPN-VXLAN permite que as empresas conectem locais geograficamente dispersos usando a ponte virtual da camada 2. A EVPN-VXLAN fornece a escala exigida pelos provedores de serviços em nuvem e geralmente é a tecnologia preferida para interconexões de data center.

A EVPN, sendo uma sobreposição, suporta multilocatários, é altamente extensível e normalmente usa recursos de diferentes data centers para fornecer um único serviço. Ela pode oferecer conectividade da camada 2 sobre infraestrutura física para dispositivos em uma rede virtual ou habilitar o roteamento da camada 3.

Por servir como um plano de controle de aprendizagem de endereço MAC para redes de sobreposição, a EVPN é compatível com diferentes tecnologias de encapsulamento de plano de dados. Essa flexibilidade é especialmente interessante para malhas de rede que não são estritamente baseadas em MPLS.

A VXLAN encapsula quadros Ethernet da camada 2 em pacotes UDP da camada 3, o que significa que as sub-redes virtuais da camada 2 podem abranger redes subjacentes da camada 3. Um identificador de rede VXLAN (VNI) é usado para segmentar cada sub-rede da camada 2 de maneira semelhante às IDs tradicionais de VLAN.

Um ponto final de túnel VXLAN (VTEP) é um dispositivo compatível com VXLAN que encapsula e desencapsula pacotes. Na rede física, um switch normalmente funciona como um gateway VXLAN de camada 2 ou camada 3 e é considerado um VTEP de hardware. Os equivalentes de rede virtual são conhecidos como VTEPs de software, que são hospedados em hipervisores como VMware ESXi ou vSphere.

O surgimento da EVPN-VXLAN

A EVPN-VXLAN surgiu como uma estrutura de rede popular, em grande parte devido às limitações das redes tradicionais baseadas em VLAN.

Nos ambientes de campus, a proliferação de pontos finais devido ao BYOD, À mobilidade do local de trabalho e ao IoT, está gerando a necessidade de estratégias de segmentação mais refinadas para separar diferentes perfis de usuários, dispositivos e tráfego.

A história é semelhante nos data centers, onde mais e mais cargas de trabalho estão sendo implantadas para apoiar a transformação digital. A TI precisa proteger e gerenciar as cargas de trabalho individualmente, ao mesmo tempo que evita que os hackers acessem um servidor após outro quando ocorre uma violação.

Construção da malha EVPN-VXLAN com o Aruba CX

O portfólio do Aruba CX Switching foi projetado para atender às demandas complexas e em evolução das redes modernas de campus e data centers, incluindo malhas baseadas em EVPN-VXLAN. Com base em uma arquitetura distribuída sem bloqueio, os switches Aruba CX oferecem desempenho real de velocidade de 1 GbE a 100 GbE em rede com fio.

Os switches Aruba CX compatíveis com EVPN-VXLAN incluem:

  • Aruba CX 6300: uplinks de 10/25/50 GbE integrados e empilhamento de até 10 membros
  • Aruba CX 6400: um switch modular de 5 ou 10 slots com capacidade de até 28Tbps
  • Aruba CX 8325: um switch de 1U com conectividade 1/10/25/40/100GbE ideal switches leaf ou spine

Todos os switches Aruba CX têm tecnologia AOS-CX, um sistema operacional nativo da nuvem que simplifica o gerenciamento de malhas EVPN-VXLAN com:

  • Automação pronta para uso para acelerar alterações já construídas e contínuas em toda a rede.
  • Análise distribuída para detectar e solucionar problemas de forma proativa.
  • Infraestrutura sempre ativa projetada para resiliência e tempo de inatividade zero, mesmo durante as atualizações.

Vantagens da EVPN-VXLAN

As empresas que usam EVPN-VXLAN obtêm os seguintes benefícios:

  • Flexibilidade: a EVPN-VXLAN é compatível com vários protocolos e compartilha elementos arquitetônicos comuns com outros serviços de rede comuns, como VPNs, facilitando a integração em redes existentes.

  • Maior escalabilidade: uma arquitetura baseada em EVPN-VXLAN permite que as empresas adicionem facilmente novos switches sem a necessidade de projetar novamente a rede subjacente.

  • Segurança aprimorada: a segmentação mais precisa permite que a TI restrinja os fluxos de tráfego entre cada elemento conectado na rede, fortalecendo as posturas de segurança e limitando o raio de alcance dos ataques.

  • Melhor desempenho e resiliência: a latência entre os dispositivos de rede é mais previsível, especialmente em arquiteturas spine-leaf, e a falha de uma única “spine” ou “leaf” não causa grande impacto no desempenho geral da malha.

Pronto para começar?