Carandá

Aruba atualiza redes da Carandá Educação

  • Perfil do cliente

    A Carandá Educação é uma escola com proposta pedagógica humanista e contemporânea do berçário ao ensino médio.
    • Vertical: Educação
    • Local: A Carandá Educação tem sede em São Paulo - São Paulo/Brasil.
    • Porte do cliente: 750 alunos

    Caso de uso

    Unificação e atualização das cinco redes das antigas sedes em uma única rede na nova sede, otimizando a conectividade em todas as dependências da escola e viabilizando as aulas híbridas com mais qualidade.

    Requisitos

    • Gerenciamento centralizado na nuvem
    • Wi-Fi rápido e seguro
    • Aulas híbridas

    Resultados

    • Foram viabilizadas as aulas híbridas por meio da conexão das câmeras, microfones e notebooks das salas de aula à rede, assim como um avançado sistema de som, para até 1.200 conexões simultâneas
    • O gerenciamento da rede foi centralizado na nuvem, onde são resolvidos os problemas
    • Aumento da velocidade da rede
    • Conexão do sistema de detecção de incêndio e das câmeras de segurança à rede

    A Carandá Educação, escola com proposta pedagógica humanista e contemporânea do berçário ao ensino médio, uniu e atualizou as cinco redes das suas antigas sedes em um único prédio na cidade de São Paulo. Dessa forma, passou a ter todo o gerenciamento de TI centralizado na nuvem, 100% de fibra ótica na infraestrutura e cobertura sem fio de alta velocidade em toda a instalação. A atualização inclui todas as dependências da escola, incluindo administração, salas de aula, biblioteca e espaços de atividades extras, como balé, judô e artes, tornando o ambiente online completamente integrado ao físico, promovendo mais excelência no modelo de ensino já inovador da instituição. A nova tecnologia é da Aruba, uma empresa da Hewlett Packard Enterprise.

    Agora todos os alunos podem ter aulas online, presenciais ou híbridas, com professores que se preparam exatamente para esse modelo de ensino, utilizado em situações específicas durante a pandemia. Os docentes podem interagir diretamente tanto com os alunos presentes em classe quanto com os que estiverem em home office por meio das câmeras, microfones e notebooks das salas, que contam com um avançado sistema de som integrado à rede e suportam até 1.200 conexões simultâneas.

    O mesmo vale para os espaços reservados para atividades como capoeira, circo, dança, esgrima, futsal, ilustração, jazz, musicalização, natação, oficina de teatro, programação de games, skate, teclado e yoga espalhados pelos quatro andares da escola, todos habilitados para aulas híbridas.

    Quando a escola tinha várias unidades, havia dificuldade na logística e administração da rede. Cada localidade tinha um ponto de Internet com administração local. Se o sinal caía, a equipe de TI tinha que se deslocar para resolver o problema pessoalmente. "Atualmente a velocidade da rede está muito maior e qualquer questão é resolvida na nuvem. O sistema de som é de excelente qualidade e a nossa equipe de TI está mais confortável na administração da rede no dia a dia”, destaca Thiago Sanches Meneghiti, Administrador de Rede da Carandá Educação.

    O sistema de detecção de incêndio e as câmeras de segurança também estão conectados à nova rede. Durante a implementação tecnológica, foi transferido conhecimento para que a equipe técnica da escola possa operar o novo ambiente de TI.

    “Essa nova fase permite aproveitar a automação, os sensores e a robótica de tecnologias emergentes na rede para promover o acesso a recursos institucionais, iniciativas de segurança no campus e proteção de informações pessoais e sigilosas”, conclui.

    Building exterior of Carandá

    Todo o suporte para a implementação foi remoto e o gerenciamento do ambiente foi feito na nuvem. No dia da inauguração do prédio, as cinco redes antigas já tinham sido unificadas e atualizadas em uma única estrutura sem incidentes e com total disponibilidade.

    Foram implementados core de rede com switches concentrados de fibra ótica de alta velocidade e 20 GB, switches com borda, topologia de rede de três camadas segmentadas e pontos de acesso Wi-Fi ligando toda a infraestrutura, que conta com cabeamento certificado. Foi desenvolvida uma solução sob medida para adequar a proposta à necessidade orçamentária da escola por meio de algumas reengenharias no projeto para diminuir de 90 para 45 o número de pontos de acesso Wi-Fi necessários, sempre mantendo a qualidade de cobertura da rede sem fio.

    “Devido ao distanciamento social, as instituições de ensino precisaram se adaptar rapidamente para viabilizar a volta às aulas em modelo virtual e, então, híbrido. O acesso básico foi prioridade. Mas neste momento, já é possível otimizar a rede para um modelo mais próximo do ideal no que diz respeito à experiência do usuário em longo prazo”, afirma Arlindo Silva, gerente de Distribuição e PMEs da Aruba.

    O executivo explica que é importante que o mercado de educação brasileiro saiba que, em escolas e universidades, já é possível criar uma estrutura de TI para unir a rede dos edifícios administrativos, dormitórios, instalações de pesquisa, data centers e home offices com gerenciamento remoto a partir da nuvem sem custo de aquisição e de subscrição. Também se pode implementar IoT (Internet das Coisas) e simplificar a navegação no campus. A solução proposta para a Carandá Educação foi baseada no Aruba Instant On, com switches da linha 1930 e pontos de acesso de alta performance AP 15, tornando a experiência da navegação na Internet mais agradável.

    “Essa nova fase permite aproveitar a automação, os sensores e a robótica de tecnologias emergentes na rede para promover o acesso a recursos institucionais, iniciativas de segurança no campus e proteção de informações pessoais e sigilosas”, conclui.

    Leia mais

    Atualmente a velocidade da rede está muito maior e qualquer questão é resolvida na nuvem. O sistema de som é de excelente qualidade e a nossa equipe de TI está mais confortável na administração da rede no dia a dia.
    Thiago Sanches Meneghiti, Administrador de Rede da Carandá Educação
  • Perfil do cliente

    A Carandá Educação é uma escola com proposta pedagógica humanista e contemporânea do berçário ao ensino médio.
    • Vertical: Educação
    • Local: A Carandá Educação tem sede em São Paulo - São Paulo/Brasil.
    • Porte do cliente: 750 alunos

    Caso de uso

    Unificação e atualização das cinco redes das antigas sedes em uma única rede na nova sede, otimizando a conectividade em todas as dependências da escola e viabilizando as aulas híbridas com mais qualidade.

    Requisitos

    • Gerenciamento centralizado na nuvem
    • Wi-Fi rápido e seguro
    • Aulas híbridas

    Resultados

    • Foram viabilizadas as aulas híbridas por meio da conexão das câmeras, microfones e notebooks das salas de aula à rede, assim como um avançado sistema de som, para até 1.200 conexões simultâneas
    • O gerenciamento da rede foi centralizado na nuvem, onde são resolvidos os problemas
    • Aumento da velocidade da rede
    • Conexão do sistema de detecção de incêndio e das câmeras de segurança à rede

    A Carandá Educação, escola com proposta pedagógica humanista e contemporânea do berçário ao ensino médio, uniu e atualizou as cinco redes das suas antigas sedes em um único prédio na cidade de São Paulo. Dessa forma, passou a ter todo o gerenciamento de TI centralizado na nuvem, 100% de fibra ótica na infraestrutura e cobertura sem fio de alta velocidade em toda a instalação. A atualização inclui todas as dependências da escola, incluindo administração, salas de aula, biblioteca e espaços de atividades extras, como balé, judô e artes, tornando o ambiente online completamente integrado ao físico, promovendo mais excelência no modelo de ensino já inovador da instituição. A nova tecnologia é da Aruba, uma empresa da Hewlett Packard Enterprise.

    Agora todos os alunos podem ter aulas online, presenciais ou híbridas, com professores que se preparam exatamente para esse modelo de ensino, utilizado em situações específicas durante a pandemia. Os docentes podem interagir diretamente tanto com os alunos presentes em classe quanto com os que estiverem em home office por meio das câmeras, microfones e notebooks das salas, que contam com um avançado sistema de som integrado à rede e suportam até 1.200 conexões simultâneas.

    O mesmo vale para os espaços reservados para atividades como capoeira, circo, dança, esgrima, futsal, ilustração, jazz, musicalização, natação, oficina de teatro, programação de games, skate, teclado e yoga espalhados pelos quatro andares da escola, todos habilitados para aulas híbridas.

    Quando a escola tinha várias unidades, havia dificuldade na logística e administração da rede. Cada localidade tinha um ponto de Internet com administração local. Se o sinal caía, a equipe de TI tinha que se deslocar para resolver o problema pessoalmente. "Atualmente a velocidade da rede está muito maior e qualquer questão é resolvida na nuvem. O sistema de som é de excelente qualidade e a nossa equipe de TI está mais confortável na administração da rede no dia a dia”, destaca Thiago Sanches Meneghiti, Administrador de Rede da Carandá Educação.

    O sistema de detecção de incêndio e as câmeras de segurança também estão conectados à nova rede. Durante a implementação tecnológica, foi transferido conhecimento para que a equipe técnica da escola possa operar o novo ambiente de TI.

    “Essa nova fase permite aproveitar a automação, os sensores e a robótica de tecnologias emergentes na rede para promover o acesso a recursos institucionais, iniciativas de segurança no campus e proteção de informações pessoais e sigilosas”, conclui.

    Building exterior of Carandá

    Todo o suporte para a implementação foi remoto e o gerenciamento do ambiente foi feito na nuvem. No dia da inauguração do prédio, as cinco redes antigas já tinham sido unificadas e atualizadas em uma única estrutura sem incidentes e com total disponibilidade.

    Foram implementados core de rede com switches concentrados de fibra ótica de alta velocidade e 20 GB, switches com borda, topologia de rede de três camadas segmentadas e pontos de acesso Wi-Fi ligando toda a infraestrutura, que conta com cabeamento certificado. Foi desenvolvida uma solução sob medida para adequar a proposta à necessidade orçamentária da escola por meio de algumas reengenharias no projeto para diminuir de 90 para 45 o número de pontos de acesso Wi-Fi necessários, sempre mantendo a qualidade de cobertura da rede sem fio.

    “Devido ao distanciamento social, as instituições de ensino precisaram se adaptar rapidamente para viabilizar a volta às aulas em modelo virtual e, então, híbrido. O acesso básico foi prioridade. Mas neste momento, já é possível otimizar a rede para um modelo mais próximo do ideal no que diz respeito à experiência do usuário em longo prazo”, afirma Arlindo Silva, gerente de Distribuição e PMEs da Aruba.

    O executivo explica que é importante que o mercado de educação brasileiro saiba que, em escolas e universidades, já é possível criar uma estrutura de TI para unir a rede dos edifícios administrativos, dormitórios, instalações de pesquisa, data centers e home offices com gerenciamento remoto a partir da nuvem sem custo de aquisição e de subscrição. Também se pode implementar IoT (Internet das Coisas) e simplificar a navegação no campus. A solução proposta para a Carandá Educação foi baseada no Aruba Instant On, com switches da linha 1930 e pontos de acesso de alta performance AP 15, tornando a experiência da navegação na Internet mais agradável.

    “Essa nova fase permite aproveitar a automação, os sensores e a robótica de tecnologias emergentes na rede para promover o acesso a recursos institucionais, iniciativas de segurança no campus e proteção de informações pessoais e sigilosas”, conclui.

    Atualmente a velocidade da rede está muito maior e qualquer questão é resolvida na nuvem. O sistema de som é de excelente qualidade e a nossa equipe de TI está mais confortável na administração da rede no dia a dia.
    Thiago Sanches Meneghiti, Administrador de Rede da Carandá Educação