Mercado Livre

Wi-Fi da Aruba conecta a maior plataforma de e-commerce da América Latina

  • Perfil do cliente

    Mercado Livre é a maior plataforma de e-commerce da América Latina.
    • Vertical: Varejo
    • Local: O Mercado Livre tem sede em Osasco - São Paulo/Brasil
    • Porte do cliente: 2 mil funcionários

    Caso de uso

    Conexão sem fio entre a sede da empresa, os service centers e os CD fulfillment do Brasil com gerenciamento na nuvem.

    Requisitos

    • Wi-Fi rápido e seguro

    Resultados

    • Wi-Fi em áreas externas
    • Wi-Fi com suporte para três dispositivos por usuários
    • Segurança
    • Velocidade
    • Controle de acesso individual por meio de recursos de automação em três redes diferentes
    • IoT
    • Mais pessoas passaram a acessar a rede e a qualidade foi mantida

    A pandemia de Covid-19 tem mantido uma maior demanda junto ao e-commerce, que precisa investir em agilidade, logística e entrega acelerada para atender adequadamente os clientes. A Aruba, uma empresa da Hewlett Packard Enterprise, tem sustentado essas operações com soluções de redes seguras. Inclusive a maior de todas, a do Mercado Livre, onde foram utilizados APs para conexão Wi-Fi, ClearPass para controle de acesso seguro e Aruba Central para gerenciar e otimizar as redes remotas na nuvem conectando a sede em Osasco (SP), os service centers e os CDs fulfillment existentes no Brasil.

    Essa combinação oferece uma solução sem fio capaz de atender áreas externas e suportar até três dispositivos por usuário - laptop, smartwatch e celular, por exemplo - com mobilidade e segurança. Hoje o e-commerce conta com um controle de acesso individual por meio de recursos de automação, de forma a garantir prioridade de acesso seguro às aplicações relevantes para o negócio.

    Por meio do ClearPass, a equipe de TI gerencia o controle de acesso e segurança em três diferentes redes: a corporativa, a de visitantes e a de prestadores de serviço. Os funcionários são autenticados com login e senha; os visitantes se cadastram no portal a partir de um QR code personalizado; e os prestadores de serviço fazem a autenticação local de seus dispositivos. Com soluções de IoT, a TI também tem controle dos acessos feitos a partir das salas de reuniões e do fluxo de pessoas nos restaurantes.

    Os CDs do Mercado Livre localizados no Brasil registram aumento médio de 40% do quadro de funcionários em relação aos últimos meses e, mesmo com mais conexões por antena, a companhia não registrou problemas de acesso à rede.

    O projeto foi desenhado com dimensionamento dos pontos de acesso (APs) necessários a partir de análises do sinal e de possíveis interferências no ambiente. O remanejamento das antenas é simples e a gestão é remota. Além da queda drástica no número de chamados relacionados ao acesso à rede, o investimento resultou em mais produtividade para a equipe de TI, que gerencia remotamente todos os CDs a partir de Osasco e pode se concentrar em atividades mais estratégicas.

    “A capacidade de inovação tecnológica alinhada às estratégias de negócios do Mercado Livre é realmente surpreendente. Estamos felizes por estarmos dando nossa contribuição à expansão de uma marca tão forte do e-commerce”, avalia Gustavo Koplin, territory manager da Aruba.

    An employee pushing around a cart of items

    Sistema Operacional AOS 10

    Visando a tendência de migração para a nuvem e de SaaS, o Mercado Livre aprovou a utilização do novo sistema operacional da Aruba, o AOS 10, sendo pioneiro no Brasil. Com este novo SO, todas as localidades serão gerenciadas a partir da nuvem, utilizando o Aruba Central, solução autorizada pelo FedRAMP – Federal Risk and Authorization Management Program, o que permite que seja utilizada por todo o governo dos Estados Unidos e reforça o componente de segurança da tecnologia.

    O Aruba Central simplifica a inauguração das redes de novas localidades por ser um orquestrador de redes. Dessa forma, todas as configurações são efetuadas a partir de um único ponto, de onde é possível ter uma visão completa da rede e do estado atual. A solução conta com Inteligência Artificial que provê insights de otimização que ajudam de forma proativa a resolver problemas até 90% mais rápido para que a infraestrutura siga funcionando em alta performance.

    Com a base instalada da Aruba, o Mercado Livre tem a possibilidade de incluir outras soluções para o negócio, como o Analytics and Location Engine (ALE). Com esta solução, é possível coletar dados de presença de forma a visualizar os locais com maiores concentrações de pessoas, melhorando o fluxo e velocidade de manejamento de pacotes nos CDs. Também é possível controlar os ambientes de acordo com as regras estabelecidas durante a pandemia para a circulação de pessoas.

    “A capacidade de inovação tecnológica alinhada às estratégias de negócios do Mercado Livre é realmente surpreendente. Estamos felizes por estarmos dando nossa contribuição à expansão de uma marca tão forte do e-commerce”, avalia Gustavo Koplin, territory manager da Aruba.

    Leia mais

  • Perfil do cliente

    Mercado Livre é a maior plataforma de e-commerce da América Latina.
    • Vertical: Varejo
    • Local: O Mercado Livre tem sede em Osasco - São Paulo/Brasil
    • Porte do cliente: 2 mil funcionários

    Caso de uso

    Conexão sem fio entre a sede da empresa, os service centers e os CD fulfillment do Brasil com gerenciamento na nuvem.

    Requisitos

    • Wi-Fi rápido e seguro

    Resultados

    • Wi-Fi em áreas externas
    • Wi-Fi com suporte para três dispositivos por usuários
    • Segurança
    • Velocidade
    • Controle de acesso individual por meio de recursos de automação em três redes diferentes
    • IoT
    • Mais pessoas passaram a acessar a rede e a qualidade foi mantida

    A pandemia de Covid-19 tem mantido uma maior demanda junto ao e-commerce, que precisa investir em agilidade, logística e entrega acelerada para atender adequadamente os clientes. A Aruba, uma empresa da Hewlett Packard Enterprise, tem sustentado essas operações com soluções de redes seguras. Inclusive a maior de todas, a do Mercado Livre, onde foram utilizados APs para conexão Wi-Fi, ClearPass para controle de acesso seguro e Aruba Central para gerenciar e otimizar as redes remotas na nuvem conectando a sede em Osasco (SP), os service centers e os CDs fulfillment existentes no Brasil.

    Essa combinação oferece uma solução sem fio capaz de atender áreas externas e suportar até três dispositivos por usuário - laptop, smartwatch e celular, por exemplo - com mobilidade e segurança. Hoje o e-commerce conta com um controle de acesso individual por meio de recursos de automação, de forma a garantir prioridade de acesso seguro às aplicações relevantes para o negócio.

    Por meio do ClearPass, a equipe de TI gerencia o controle de acesso e segurança em três diferentes redes: a corporativa, a de visitantes e a de prestadores de serviço. Os funcionários são autenticados com login e senha; os visitantes se cadastram no portal a partir de um QR code personalizado; e os prestadores de serviço fazem a autenticação local de seus dispositivos. Com soluções de IoT, a TI também tem controle dos acessos feitos a partir das salas de reuniões e do fluxo de pessoas nos restaurantes.

    Os CDs do Mercado Livre localizados no Brasil registram aumento médio de 40% do quadro de funcionários em relação aos últimos meses e, mesmo com mais conexões por antena, a companhia não registrou problemas de acesso à rede.

    O projeto foi desenhado com dimensionamento dos pontos de acesso (APs) necessários a partir de análises do sinal e de possíveis interferências no ambiente. O remanejamento das antenas é simples e a gestão é remota. Além da queda drástica no número de chamados relacionados ao acesso à rede, o investimento resultou em mais produtividade para a equipe de TI, que gerencia remotamente todos os CDs a partir de Osasco e pode se concentrar em atividades mais estratégicas.

    “A capacidade de inovação tecnológica alinhada às estratégias de negócios do Mercado Livre é realmente surpreendente. Estamos felizes por estarmos dando nossa contribuição à expansão de uma marca tão forte do e-commerce”, avalia Gustavo Koplin, territory manager da Aruba.

    An employee pushing around a cart of items

    Sistema Operacional AOS 10

    Visando a tendência de migração para a nuvem e de SaaS, o Mercado Livre aprovou a utilização do novo sistema operacional da Aruba, o AOS 10, sendo pioneiro no Brasil. Com este novo SO, todas as localidades serão gerenciadas a partir da nuvem, utilizando o Aruba Central, solução autorizada pelo FedRAMP – Federal Risk and Authorization Management Program, o que permite que seja utilizada por todo o governo dos Estados Unidos e reforça o componente de segurança da tecnologia.

    O Aruba Central simplifica a inauguração das redes de novas localidades por ser um orquestrador de redes. Dessa forma, todas as configurações são efetuadas a partir de um único ponto, de onde é possível ter uma visão completa da rede e do estado atual. A solução conta com Inteligência Artificial que provê insights de otimização que ajudam de forma proativa a resolver problemas até 90% mais rápido para que a infraestrutura siga funcionando em alta performance.

    Com a base instalada da Aruba, o Mercado Livre tem a possibilidade de incluir outras soluções para o negócio, como o Analytics and Location Engine (ALE). Com esta solução, é possível coletar dados de presença de forma a visualizar os locais com maiores concentrações de pessoas, melhorando o fluxo e velocidade de manejamento de pacotes nos CDs. Também é possível controlar os ambientes de acordo com as regras estabelecidas durante a pandemia para a circulação de pessoas.

    “A capacidade de inovação tecnológica alinhada às estratégias de negócios do Mercado Livre é realmente surpreendente. Estamos felizes por estarmos dando nossa contribuição à expansão de uma marca tão forte do e-commerce”, avalia Gustavo Koplin, territory manager da Aruba.